SELECCIONE O SEU IDIOMA: pt pt en

Criação de uma telecom de raiz num gestor de infraestrutura ferroviária

A companhia pública responsável pela gestão da infraestrutura da rede ferroviária portuguesa, a REFER, decidiu tornar autónoma a unidade interna de telecomunicações. Para este spin-off contou com o apoio da Leadership Business Consulting (LBC), que criou uma empresa de raiz – a REFER Telecom (atualmente denominada IP Telecom).

Conceção e implementação 

A LBC desenhou os modelos de negócio e económico-financeiro, a estratégia, a organização, todos os processos de negócio, a descrição de funções, a estratégia tecnológica, a oferta de serviços e o marketing (incluindo o logótipo). Apoiámos a implementação, que envolveu a transferência e contratação de trabalhadores da empresa-mãe, a REFER, assim como a negociação de aquisição de equipamento tecnológico, entre outros. Elaborámos um benchmarking dos principais casos europeus de sucesso de spin-offs de telecomunicações no setor ferroviário, incluindo a análise sumária dos diversos modelos de negócio.

Especialização e centro de competências 

Realizámos também um estudo de mercado de contratação de fibra ótica em Portugal. No sentido de manter a competitividade no mercado das telecomunicações, a REFER Telecom queria posicionar-se no agressivo segmento de venda de capacidade em wholesale. Para tal foi necessário conhecer e sistematizar as tendências da oferta e procura, os planos dos seus potenciais clientes, incluindo os segmentos da administração pública e dos operadores, e dos principais competidores, sobretudo em termos de expansão das suas redes, produtos comercializados e principais condições contratuais.

Resultado: com o plano de negócios criado pela Leadership Business Consulting passou a haver uma entidade que prestava o serviço de forma contratual dentro da ferrovia, com especialização e um centro de competências que viria a potenciar negócios carrier to carrier – com a REFER Telecom a vender os seus serviços a grandes operadoras de telecomunicações no mercado português.

 

Artigos relacionados

 

Gestão da mudança: 3 regras para líderes

A maior parte dos insucessos nos processos de mudança acontece porque não existe um foco partilhado definido logo no início. 

 

Como liderar num ritmo de mudança cada vez mais acelerado? 5 pontos de vista de 5 CEO

Num mundo em rápida mudança, também a liderança está a mudar rápido. Que o digam cinco CEO que participaram no Fortune Global Forum, da revista Fortune, em São Francisco, nos EUA. 

 

Capacite a sua empresa com um centro de inovação

A sua companhia decidiu estabelecer uma unidade dedicada à inovação (innovation outpost). Mas como se avança para um posto de inovação? Como encontra as pessoas adequadas? O que deve a equipa do centro de inovação fazer no dia a dia? E quais as prioridades? Siga este guia.