SELECIONE O SEU IDIOMA: pt pt en

Solução informática para gerir uma cooperativa habitacional angolana

Uma cooperativa habitacional de Angola contou com o apoio da Leadership Business Consulting (LBC) no desenvolvimento de uma solução informática para nortear as atividades de gestão e administrativas, assim como permitir a interação com os seus utentes, o que envolveu também a criação do site da entidade. 

Integração e capacitação

A solução teve como mote obter uma visão global e integrada do funcionamento da cooperativa, assim como a interação com diversos agentes. Tal envolveu a identificação das funcionalidades a serem desenvolvidas para o sistema informático e para o website; o desenvolvimento do sistema e do site da cooperativa com as funcionalidades identificadas; a realização de testes aos sistemas desenvolvidos e carregamento dos conteúdos iniciais (apresentações, relatórios, estudos, mapas, fotos, etc.) em língua portuguesa; bem como a capacitação e apoio aos utilizadores na exploração inicial dos sistemas desenvolvidos; e ainda a parametrização e disponibilização de sistema de correio eletrónico.

Formação e acompanhamento

O projeto, que durou dez semanas, abrangeu, por exemplo, a recolha e preparação de conteúdos, assim como formação junto dos colaboradores da cooperativa e o seu acompanhamento (no sentido de ficarem com autonomia de administração e publicação de conteúdos de forma diferenciada em função dos perfis).
 

Artigos relacionados

 

Como liderar na era digital? Comece por não ser um mero espectador

A também apelidada sociedade em rede comporta várias mudanças estruturais que estão a redefinir a liderança. Aliás, os próximos tempos são dos “líderes digitais”. 
 

Dinheiro físico ou digital?

O dinheiro físico tem um papel cada vez menos importante na sociedade. O que não deixa de ser uma boa notícia para os consumidores – o aumento dos pagamentos móveis e eletrónicos significa compras mais rápidas, convenientes e mais eficientes na maioria dos casos. 

 

Pobreza digital – Indivíduos que utilizam a net no mundo (%)

Elsie Kanza, responsável pela secção africana do Fórum Económico Mundial, questiona “como seria um ecossistema capaz de suportar uma África” com maior presença online?