SELECCIONE O SEU IDIOMA: pt pt en

Reestruturar a organização de uma distribuidora de produtos de saúde

Como permanece competitiva uma entidade que, após anos com o monopólio de um setor, tem de se adaptar e antecipar as alterações num mercado liberalizado? Com a privatização, uma instituição-referência no arquipélago cabo-verdiano responsável por garantir a importação, a logística e comercialização de produtos farmacêuticos, bem como a sua distribuição às farmácias e hospitais do país, foi ajustando a sua estrutura às novas exigências. 

Revisão estratégica

A dada altura, e tendo em conta o mote de assumir a liderança consolidada como a maior distribuidora de medicamentos e produtos de saúde em Cabo Verde (suportada em pessoas qualificadas e motivadas e processos eficientes, e assegurando a prestação de um serviço de excelência), a detentora do monopólio de importação e distribuição grossista de produtos farmacêuticos avançou com um processo de revisão estratégica e de reformulação do modelo organizacional. Neste âmbito, selecionou a Leadership Business Consulting (LBC), que elaborou o programa de restruturação e a sua implementação.

Foi realizado um benchmark com base em informação de várias empresas de distribuição de medicamentos e produtos de saúde no sentido de analisar as melhores práticas em países com afinidade cultural e relativa proximidade geográfica de Cabo Verde (Portugal e Espanha), e com base em algumas entidades com abrangência a regiões insulares – tendo sido concluído que existiam melhores práticas no setor de atuação da distribuidora consideradas uma vantagem competitiva face aos concorrentes e com aplicabilidade na entidade cabo-verdiana.

Conjunto de desafios

As alterações do contexto externo, as boas práticas internacionais e o diagnóstico das necessidades internas permitiram definir um conjunto de desafios. Assim, o projeto executado pela LBC envolveu a elaboração dos planos estratégico e de negócios; a criação de um manual da organização (organigrama e detalhe de cada unidade orgânica: estrutura, missão principais atribuições e objetivos de primeiro nível); o desenvolvimento do modelo de gestão por competências; a definição e descrição de funções (catálogo e descritivo funcional); a revisão do plano de carreiras, assim como a revisão do sistema de remuneração e incentivo, e a definição do sistema de avaliação de desempenho; a conceção de um modelo de gestão de fornecedores e de um modelo de avaliação da satisfação de clientes; e ainda o gizar do plano de marketing.

As questões que se colocaram relativamente ao desenho organizacional abrangeram as várias vertentes da atividade e a abordagem a novas competências. O dimensionamento proposto foi alinhado com o objetivo de reforçar as áreas core de vendas, comercial e logística, bem como novas áreas de staff. A LBC acompanhou a entidade na implementação das soluções concebidas.

Artigos relacionados

 

As relações positivas no trabalho importam – cada vez mais

Se tivesse só mais este dia de vida, qual seria o seu maior arrependimento? Seguem-se hipóteses de resposta:

 

Motive e capacite a sua equipa com 10 passos

Os seus colaboradores querem confiar que, enquanto líder, toma decisões que têm um impacto positivo na organização. Mas também é importante que se sintam capacitados para tomarem decisões relevantes.

 

Porquê investir em Cabo Verde? Há pelo menos 10 bons motivos

No coração do Atlântico, um país no centro das rotas de todos os mundos, Cabo Verde tem vários atrativos para o investimento externo. Seguem-se 10 ordens de razão para apostar na nação.