SELECCIONE O SEU IDIOMA: pt pt en

Estratégia para a televisão digital terrestre de um país africano

INCM: Regular com excelência os setores postal e de telecomunicações para o desenvolvimento de Moçambique
A Leadership Business Consulting (LBC) trabalhou em conjunto com o INCM - Instituto Nacional das Comunicações de Moçambique no desenvolvimento do plano estratégico para a televisão digital terrestre (TDT) no país, que envolveu a complexa transição da radiodifusão analógica para a digital (num processo com implicações sociais e económicas que ultrapassaram a pura migração técnica).

Implementação

O projeto (lançado através de um concurso do Banco Mundial para a conceção do plano estratégico e de ação para a implementação da TV e rádio digital) surgiu na sequência de uma diretiva da UIT - União Internacional das Telecomunicações (em que os países que assinaram um acordo de migração digital e harmonização de broadcasting tinham de concluir o processo até 2015) e de um acordo específico na região SADC - Southern Africa Development Community.

O processo incluiu o traçar de objetivos e linhas de orientação da transição; a estratégia integrada para a migração, que contemplou o modelo empresarial e de negócio, o quadro de financiamento, a arquitetura técnica e tecnológica e o enquadramento legal e regulatório; o delinear da estratégia de comunicação e divulgação do processo de migração; um road map de implementação com o cronograma de trabalho e as principais etapas (milestones) do projeto.

Otimizar a migração

A LBC traçou um plano de ação, onde se incluía um plano de comunicação que envolveu, entre outras iniciativas, ações diretas junto da população/diferentes públicos-alvo, a criação de um site e de um call center institucionais. Ainda neste âmbito, a LBC apoiou a autoridade reguladora dos setores postal e de telecomunicações na organização da conferência internacional “Moçambique Digital – Conferência Internacional sobre Rádio e Televisão Digital Terrestre”, que contou com a presença de vários especialistas. O projeto no seu todo teve como meta otimizar o processo de migração, decorrendo com eficácia e eficiência de meios. 

 

Artigos relacionados

 

Gestão da mudança: 3 regras para líderes

A maior parte dos insucessos nos processos de mudança acontece porque não existe um foco partilhado definido logo no início. 

 

A sua organização está preparada para a Indústria 4.0?

Empresas de todos os setores no globo estão a adotar a Indústria 4.0. Já não se trata de “temos tempo, é uma tendência de futuro” – a também denominada Quarta Revolução Industrial está aí. É uma realidade. A sua organização está preparada?

 

Dulce Chilundo: As instituições não têm direções ou departamentos de TIC

A líder do moçambicano INTIC refere que a área das tecnologias de informação e comunicação (TIC) “devia ser encarada como prioritária no processo de planificação em toda a administração pública” do país africano.